Controle de Pragas


INSETOS VOADORES


Moscas e Mosquitos

As moscas e os seus zumbidos são muito irritantes e tornam-se um verdadeiro problema quando temos muitas em casa. E bom não esquecer que algumas espécies de mosca são um verdadeiro risco para a saúde. Por exemplo: a mosca doméstica transmite várias doenças, incluindo salmonelas, disenteria, tuberculose, cólera e vermes parasitas. Neste país, os mosquitos não estão associados à transmissão de doenças como acontece nos trópicos, mas a irritação que as picadas deles causam pode ser muito angustiante, sobretudo para as crianças.

Traças

As traças não representam, propriamente, um risco para a saúde. São uma praga maléfica nas casas pelos danos sérios que as suas larvas causam em vestuário, tecidos, peles, couros, tapetes e carpetes. Estes danos podem continuar por muitas semanas após a eclosão das lagartas e serem já de dimensão considerável quando forem vistas muitas traças voadoras. Por isso, é muito importante prevenir as infestações de traças. Uma pequena infestação de traças pode ser tratada com produtos comercias para amadores, mas uma infestação muito implantada requer geralmente assistência profissional.

Vespas, Vespões e Abelhas

Ser picado por uma vespa, um vespão ou uma abelha é uma experiência dolorosa e pode até pôr em risco a vida das pessoas que são alérgicas a este tipo de picadas com ferrão (uma em cada trinta pessoas). Com algumas precauções sensatas quando se anda no exterior e com um tratamento adequado dos ninhos de vespas e de abelhas, é possível reduzir o risco de ser picado por um destes insetos.


INSETOS RASTEJANTES


Formigas

Embora as formigas sejam irritantes quando infestam casas, a espécie mais comum – formiga de jardim – não está associada à transmissão de doenças. De qualquer forma, porque não saber por onde é que as formigas andaram à procura de alimentos, o melhor é tomar medidas para evitar que elas entrem nas casas e nos armários de produtos e alimentares.

Baratas

As baratas são uma praga de alto risco nas casas.
São portadoras de várias doenças perigosas, incluindo salmonelas, disenteria, gastroenterite e febre tifóide. O risco é particularmente elevado em casas onde habitem crianças, idosos ou pessoas que já estejam a combater outras doenças. Os excrementos das baratas também podem causar eczema e asma. Além dos riscos para a saúde, as baratas são uma das pragas mais desagradáveis que se pode ter em casa. Não só pelo seu aspecto perturbador, mas também pelo odor altamente desagradável que deixam nos alimentos e nos objectos em que tocam. As baratas conseguem reproduzir-se rapidamente e são muito resistentes. É essencial responder rapidamente ao primeiro sinal para impedir que qualquer infestação de baratas se estabeleça ou se propague às propriedades vizinhas.

Pulgas

As pulgas são um problema doméstico comum, especialmente quando há cães ou gatos. Também se encontram frequentemente em casas onde já existiram animais de estimação.
Apesar de ser possível que as pulgas transmitam doenças, isso é muito raro neste país. A principal preocupação é a angústia provocada pelas picadas das pulgas em pessoas e animais de estimação.

Pecevejos das Camas

Os percevejos das camas estão a tornar-se um sério problema neste país e por todo o mundo.
Como se propagam-se com facilidade e é difícil eliminá-los, o número de surtos de percevejos das camas tem crescido rapidamente.
A chave para resolver este problema é aumentar a sensibilização para o que se deve procurar e para garantir um tratamento rápido do problema assim que se descobrirem percevejos das camas.

Aranhas

As aranhas raramente picam pessoas e há apenas duas espécies – a viúva negra e a solitária castanha – que são perigosas. A picada da maior parte das aranhas tem pouco ou nenhum efeito em pessoas e as restantes têm pouca importância médica. Muitas pessoas têm um medo intrínseco de aranhas.
O certo é que as aranhas podem causar grandes angústias em casa. São atraídas por pequenos espaços quentes e escuros, como fendas nas paredes, cantos, entradas de ar e beirais de casas. Algumas espécies preferem ficar mais perto do exterior e tecem as suas teias em celeiros, jardins ou candeeiros exteriores. A maior parte das aranhas só são incómodas por causa das suas teias.

Outros

Partilhar a casa com qualquer uma das milhares de espécies de insectos que podemos encontrar neste país nunca é divertido. Além das doenças que estão associadas a alguns rastejantes e outros intrusos casuais, ainda há que considerar os danos que eles provocam nos bens domésticos e a terrível angústia que eles podem causar nas pessoas que sofrem de herpetofobia – o medo de todos os tipos de rastejantes repelentes! – neste país.


INSETOS RASTEJANTES


Formigas

Embora as formigas sejam irritantes quando infestam casas, a espécie mais comum – formiga de jardim – não está associada à transmissão de doenças. De qualquer forma, porque não saber por onde é que as formigas andaram à procura de alimentos, o melhor é tomar medidas para evitar que elas entrem nas casas e nos armários de produtos e alimentares.

Baratas

As baratas são uma praga de alto risco nas casas.
São portadoras de várias doenças perigosas, incluindo salmonelas, disenteria, gastroenterite e febre tifóide. O risco é particularmente elevado em casas onde habitem crianças, idosos ou pessoas que já estejam a combater outras doenças. Os excrementos das baratas também podem causar eczema e asma. Além dos riscos para a saúde, as baratas são uma das pragas mais desagradáveis que se pode ter em casa. Não só pelo seu aspecto perturbador, mas também pelo odor altamente desagradável que deixam nos alimentos e nos objectos em que tocam. As baratas conseguem reproduzir-se rapidamente e são muito resistentes. É essencial responder rapidamente ao primeiro sinal para impedir que qualquer infestação de baratas se estabeleça ou se propague às propriedades vizinhas.

Pulgas

As pulgas são um problema doméstico comum, especialmente quando há cães ou gatos. Também se encontram frequentemente em casas onde já existiram animais de estimação.
Apesar de ser possível que as pulgas transmitam doenças, isso é muito raro neste país. A principal preocupação é a angústia provocada pelas picadas das pulgas em pessoas e animais de estimação.

Pecevejos das Camas

Os percevejos das camas estão a tornar-se um sério problema neste país e por todo o mundo.
Como se propagam-se com facilidade e é difícil eliminá-los, o número de surtos de percevejos das camas tem crescido rapidamente.
A chave para resolver este problema é aumentar a sensibilização para o que se deve procurar e para garantir um tratamento rápido do problema assim que se descobrirem percevejos das camas.

Aranhas

As aranhas raramente picam pessoas e há apenas duas espécies – a viúva negra e a solitária castanha – que são perigosas. A picada da maior parte das aranhas tem pouco ou nenhum efeito em pessoas e as restantes têm pouca importância médica. Muitas pessoas têm um medo intrínseco de aranhas.
O certo é que as aranhas podem causar grandes angústias em casa. São atraídas por pequenos espaços quentes e escuros, como fendas nas paredes, cantos, entradas de ar e beirais de casas. Algumas espécies preferem ficar mais perto do exterior e tecem as suas teias em celeiros, jardins ou candeeiros exteriores. A maior parte das aranhas só são incómodas por causa das suas teias.

Outros

Partilhar a casa com qualquer uma das milhares de espécies de insectos que podemos encontrar neste país nunca é divertido. Além das doenças que estão associadas a alguns rastejantes e outros intrusos casuais, ainda há que considerar os danos que eles provocam nos bens domésticos e a terrível angústia que eles podem causar nas pessoas que sofrem de herpetofobia – o medo de todos os tipos de rastejantes repelentes! – neste país.


ROEDORES E OUTROS


Ratazanas

As ratazanas representam um sério risco para a saúde de pessoas e animais de estimação. São transmissoras de doenças como salmonelas, doença de Weil, E.coli e tuberculose.
As ratazanas também são portadoras de pulgas, ácaros e carraças e podem causar reacções alérgicas agudas.

Ratos

Ter ratos em casa é mais do que um simples inconveniente – estes animais podem trazer sérios riscos para a saúde das pessoas, sobretudo nas cozinhas e nos locais onde as crianças brincam.
Um rato também pode causar danos significativos na sua casa e nos seus móveis ao roer madeiras e plásticos.
Os ratos podem até causar incêndios se roerem cabos eléctricos.